O II MOVI – Encontro Brasileiro de Fotografia em Movimento, teve como o tema: “A direção de fotografia na telenovela brasileira” e foi realizado, em formato virtual, entre os dias 04 e 06 de maio de 2022. O evento foi realizado pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói, Rio de Janeiro e pelo Grupo de Pesquisa Cinematografia, Expressão e Pensamento (GPCEP).

O II MOVI foi viabilizado através do apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ.

O evento é destinado ao campo da direção de fotografia, nas suas mais diversas manifestações audiovisuais, tais como o cinema, novela, seriados, entre outras.

Abertura do II Encontro Brasileiro de Fotografia em Movimento

Homenagens: Maria Immacolata, Dib Lufti e Arlindo Machado

Palestra: Uma trajetória estética e tecnológica da telenovela brasileira com Walter Carvalho (Diretor de Fotografia)

Velho Chico: continuidades e rupturas na direção de fotografia da telenovela brasileira.

Alexandre Fructuoso (Diretor de Fotografia)

Rosângela Fachel de Medeiros (Professora e Pesquisadora)

Diálogos entre telenovela e outras narrativas seriadas


Samantha do Amaral (Colorista)
Thata Oz (Operadora de câmera em telenovelas)

Sessões de apresentações de trabalhos e lançamento de livros

A oficina tem como objetivo compartilhar ideias, técnicas e dicas de estímulo à criatividade para produção e fotografias de impacto no ambiente doméstico. Para isso, recorremos à segurança da intimidade do lar, compreendendo as possibilidades da luz natural e de objetos que possam incrementar o fazer fotográfico. Visamos desmistificar o potencial do ambiente cotidiano como locação fotográfica, tanto como opção de treino para quem está começando, quanto para quem quer tirar melhor proveito da câmera do celular ou ainda para quem quer começar a investir profissionalmente em ensaios fotográficos em casa.A oficina tem como objetivo compartilhar ideias, técnicas e dicas de estímulo à criatividade para produção e fotografias de impacto no ambiente doméstico. Para isso, recorremos à segurança da intimidade do lar, compreendendo as possibilidades da luz natural e de objetos que possam incrementar o fazer fotográfico. Visamos desmistificar o potencial do ambiente cotidiano como locação fotográfica, tanto como opção de treino para quem está começando, quanto para quem quer tirar melhor proveito da câmera do celular ou ainda para quem quer começar a investir profissionalmente em ensaios fotográficos em casa. Agda Aquino é professora de fotografia do curso de Jornalismo da UEPB e do curso de Cinema e Audiovisual da UFPB. É jornalista com doutorado em Educação, onde desenvolveu uma tese sobre o ensino de fotografia nos cursos de Jornalismo do país. Além da docência em fotografia, tem experiência na fotografia documental, de moda e experimental, retratos, shows, exposições fotográficas, curadorias e comissões julgadoras de concursos fotográficos. É autora do livro Lições de fotografia para fazer em casa: técnicas, composição a criatividade.

Diálogos entre telenovela e outras narrativas seriadas


Samantha do Amaral (Colorista)
Thata Oz (Operadora de câmera em telenovelas)

Oficinas